terça-feira, 3 de julho de 2007

primeiras flores do cacto grande









3 comentários:

PeDuke disse...

Lol...
Tenho cacto parecido estes em casa…
Que tem uma história bastante interessante… Uma noite, no regresso a casa, encontrei um cacto partido em duas partes… decidi levar a parte que não estava ligada à terra… coloquei o num vaso… e apenas ia deitando água uma vez por outra… Hoje é um cacto lindo, cresceu bastante e posso dizer com orgulho que é uma das “minhas vitórias” na área da agricultura.
Mas neste momento, penso que ainda não tem flor.
:)

a.mar disse...

Olá
este cacto tem uns cinco ou seis anos, é o maior que já algumas tive e nem sabia que dava flor. Nunca tinha tido.
beijinhos

Lou* disse...

Olha que giro! vim aqui por acaso quando me esbarrei com o cacto da minha infância (que saudades que eu tenho dele).
Não era lá muito carinhosa com ele (era pequenina não sabia que fazia) mas lembro-me de picar-me vezes sem conta nele pq tinha uma atração pela sua textura e ficava furiosa (odiava picos!) então tratava de arrancar-lhe os picos (coitadinho) mas não me ficava por aí.... também arrancava aquelas coisinhas verdes muito suculentas (era tipo anti-stress).
Entretanto creci e deixei o cacto em paz. Os meus pais mudaram de casa e eu sai de casa e nunca mais soube do paradeiro do cacto (tenho que perguntar à minha mãe).
Foi engraçado vê-lo aqui. Foi como uma viagem no tempo.. :)
Trata bem dele!