quarta-feira, 30 de setembro de 2009

eu podia estar quase o dia inteiro a admirar flores!!!

Nós e as possibilidades e a influência do espectador,

Video Princípios da Mecânica Quântica

os princípios quânticos e as oportunidades e os oportunistas
e as incertezas

e a capacidade de fluir pelos vazios
Um fluido é uma substância que se deforma continuamente quando submetida a uma tensão de cisalhamento.

Sistema de partículas sem distâncias fixas entre si e sem uma disposição ordenada de longo alcance pelo que se adaptam à forma do recipiente.
No século XIX, fluido, em Física, era empregado para designar materiais capazes de penetrar pelos vazios da matéria e de se escoar.

fluido
s. m.
1. Corpo cujas moléculas têm força própria para se confundirem e se desagregarem.
2. Líquido; corrente imponderável.
adj.
adj.
3. Que corre como líquido; líquido.
4. Corrente, fácil, fluente.
5. Fig. Brando, frouxo, flácido.


cisalha
s. f.
1. Tesoura para cortar cartão, metais, etc.

terça-feira, 29 de setembro de 2009


Energia - potencial inato para executar trabalho ou realizar uma acção

segunda-feira, 28 de setembro de 2009


domingo, 27 de setembro de 2009

as margaridas e o amor-perfeito

sexta-feira, 25 de setembro de 2009








quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O que vejo ao espelho
é uma infimíssima parte da realidade

que é o meu corpo.

video

os chineses fazem coisas engraçadas.

começa o dia, abro a janela

e a flor começa logo a dar o ar da sua graça.

movida a energia solar.

é uma companhia na minha saudação ao Sol matinal.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

in tensão
intenção
(latim intentio, -onis, acção! acção de estender, tensão, compressão, esforço)
s. f.
1. Resultado da primeira evolução da vontade depois dela ter admitido a ideia.
2. Desígnio, propósito.
3. Pensamento reservado.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

equanimidade
s. f.
1. Igualdade constante de ânimo (em qualquer conjuntura da vida); serenidade.
2. Moderação.
3. Rectidão
.


in Esteja Aqui e Agora

O Sol é uma vulgar estrela não muito grande, cerca de 100 planetas Terra no seu diâmetro.
É uma estrela vulgar nos subúrbios da galáxia Via Láctea.
É uma bola de fusão nuclear, transformando átomos de hidrogénio em hélio.
Gera energia que é emitida por meio do espaço sob a forma de radiações electromagnéticas (luz), neutrinos e vento solar.
O vento solar é a contínua emição de electrões, protões e neutrinos provenientes da coroa solar.
A velocidade varia entre 400 e 800 km/s com densidades próximas das 10 partículas por cm3. Devido á rotação e actividade magnéticas do sol, o vento solar é variável e instável.
O aumento da emanação de radiação da superfície do Sol e da densidade de partículas carregadas gera tempestades magnéticas que deformam a magnetosfera e produzem fenómenos como as auroras polares, influem na propagaçaõ das ondas de rádio e tem efeitos na atmosfera com ionização na alta atmosfera e consequentes tempestades magnéticas.
Um fotão que chegue à superfície do Sol e se liberte, pode chegar à terra em oito minutos.
Os neutrinos são partículas sub-atómicas dificilmente detectáveis porque a sua interacção com a matéria é muito fraca, a sua carga é neutra e a sua massa é extremamente pequena.
Mais de 50 triliões de neutrinos passam pelo nosso corpo a cada segundo.
Para a passagem dos neutrinos a matéria é transparente, atravessam a Terra praticamente sem perder energia. São importantes porque a informação sobre a densidade da energia em forma de neutrinos na radiação cósmica fornece dados acerca do Universo, a sua idade, a quantidade de matéria negra, etc.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009




"Bênção Irlandeza

Possa o caminho levar com você
Possa o vento estar sempre te envolvendo
Possa o sol cair cálido na sua face
Possa a chuva cair suave em seus campos
E até que nos reencontremos
Possa o amor
Na palma da sua mão
Abraçar você"

in "Meu olhar sobre..."

domingo, 20 de setembro de 2009

20-09-2009








"a mente que vê através do fluxo do aparecer e desaparecer

e reconhece a natureza transitória do mundo"

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Video Fios Luminosos
A verdadeira dimensão de cada um é a dimensão que cada um põe de si próprio nas suas acções.
Tanto mais verdadeiro quanto mais de sí próprio em cada acto.
Eu posso sentir que tenho maior coração que outros, mas isso não se mede, nem se compara.
E o que é o si próprio?
Se me sinto grande, infinito, feita de pó de Estrelas do Universo, igual a todos os outros, indefinida, ilimitada, as minhas atitudes vão ter as mesmas características.
Se ajo de acordo com as minhas características, assim serei verdadeira com a minha verdade.
A minha verdade acaba em mim.
Hoje que é dia de fim, e, logo, é dia de começo de qualquer coisa depois do fim. O tempo não pára, o espaço não tem delimitações. Mesmo este muro, que hoje construí, tem um lado de cá e o de lá. E sendo recto ou curvo, não tem princípio nem fim. Se for um segmento, pode-se contornar.
Então, sendo começo... começo por onde?
Pelo que sou. E encontrarei o que melhor se adaptará a mim ou ao que melhor me adaptarei.
Isto está de acordo com o que sou?
Isto não está de acordo com o que sou?
Isso são perguntas para perguntar e para levar mais uns tempos sem decidir e adiar a coisa para mais daqui a bocado.
Ora se sou tudo porque sou indefinida, infinita, ilimitada:
tudo o que encontrar será bom que encontre.

Pronto... tenho todas as dúvidas resolvidas.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

árvore:

o que está à vista, a raiz que se adivinha, o princípio que está escondido....

o que está mesmo à frente do nariz, mas que se desfoca com o aplicar das lentes...

o que é a árvore... já ouviste o som do vento a passar pelas folhas agulhas do pinheiro?







Video
Sutra do Coração - MAKA HANNYA HARAMITA SHINGYO

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

são enormes e estão a mudar a nossa paisagem.
para bem do nosso ambiente,
mas com a devida contenção, a bem do nosso ambiente.







domingo, 13 de setembro de 2009







sabemos que aproximamos a nossa visão das coisas através dum microscópio e um pedaço de terra passa a ser um mundo completamente diferente, microorganismos e mais microorganismos.
Um dos meios de estudar a frequência dos tsunamis, por exemplo, é recolhendo uma amostra de solo nas margens dos rios, a uma dada profundidade e se existirem foraminíferas é sinal que foram arrastadas por grandes massas de água desde as profundidades do mar até à costa.
E a propagação das ondas faz-se mais rapidamente na água - 1200m/s - do que no ar -340m/s.
Uma onda é um pulso energético que se propaga através do espaço ou dum meio.
A gotinha de água que caiu no rio provoca uma série de ondas concêntricas cada vez maiores até que chegam ao alto mar e são ondas enormes capazes de virar barcos.
E reparei outro dia que quando as ondas do mar batem na areia provocam ondulações que voltam para trás para dentro do mar de novo. Constantemente circulam para cá e para lá perguntas e respostas de embates da água na terra.
Já uma vez o bater do meu coração estava sintonizado com essas batidas, um dia que eu fui assistir ao nascer do Sol. Reparei que estava sintonizada com o Universo ao nascer do dia ali.
dirigirmos a nossa atenção para nos conhecermos a nós próprios afasta-nos dos outros e do meio ambiente.
Ainda hoje de manhã reparei que estava atenta a um documentário e num instante dirigi a atenção para o meu pai e perdi a parte da conclusaõ em que estava tão interessada.

Ficamos mais fortes porque o conhecimento de nós próprios nos faz efectivamente mais fortes, mais capazes ou porque nos desligámos afectivamente do resto para estarmos connosco?

quinta-feira, 10 de setembro de 2009