quinta-feira, 29 de dezembro de 2005

asas


"-Tu não tens penas, não podes perceber isto! - conclui o pássaro meio aborrecido. - Há coisas que só nós, os pássaros, podemos perceber, Tem a ver com sentimentos, e toda a gente sabe que os sentimentos têm asas."
de: "A Princesa-que-tinha-uma-luz-por-dentro"
Afonso de Melo

4 comentários:

nelsonmateus disse...

hum! mas olha k nem todas as asas tem penas ...

a.mar disse...

o que é mais admirável é que mesmo que não se possa ir muito, muito,muito alto na distância daqui até ao fim do céu, as nossas asas/mãos podem-nos levar a viajar muito, muito, muito juntinho a superfícies imaginadas e nunca imaginadas por nós. Sem penas.

Alexª disse...

o céu não tem fim...
Viajar - com asas - pelo céu: aí se eu pudesse!

nelsonmateus disse...

k as nossas conversas perdurem para o próximo ano e k tenhas 1 feliz ano novo. ;)

bjos